ORLANDO, DE VIRGÍNIA WOLF: O ESPELHO DE FENDI

0

Por Yume Ikeda, de Tóquio

Fendi, a grife italiana de alta costura criada por Edoardo e Adele Fendi em 1925, mergulha, pelas mãos do estilista Kim Jones, no universo de Virgínia Wolf dando vida e vestes ao seu famoso personagem Orlando. A escolha abre espaço para o deslumbrante jogo da dualidade, é ele, é ela, não importa o gênero, Orlando inspira os trajes de uma alfaiataria sofisticada, vestidos deslumbrantes e conjuntos masculinos que caem como uma luva numa vitrine que prima pelo bom gosto para a dupla estação primavera-verão 2021 do Hemisfério Norte. Para realçar, o jogo de identidade presente na obra da escritora inglesa, a apresentação de Fendi é repleta de espelhos, de compartimentos transparentes que refletem a dualidade de uma obra costurada em tecidos simplesmente deslumbrantes tanto quanto o personagem que retrata. Na visão de Kim Jones “Orlando naturalmente amava lugares solitários, vistas vastas e sentir-se para todo o sempre sozinho” e, acrescentaríamos, deslumbrante.

“O som das trombetas foi se desvanecendo enquanto Orlando permanecia de pé, nua em pelo. Nenhum ser humano, desde que o mundo é mundo, foi tão belo. Em sua figura se combinavam a força de um homem e a graça de uma mulher. […] Orlando se olhou de cima a baixo num longo espelho sem mostrar nenhum sinal de inquietação, e caminhou presumivelmente para o banho”.

Virgínia Wolf

Share.

About Author

publicitta

Leave A Reply