OOREDOO NO RAMADÃ: A INTERNET É AQUILO QUE FAZEMOS DELA.

0

Ao longo de nossa história, geramos invenções e criações com boas intenções. Mas o impacto deles em nossas vidas e em nosso mundo se resume em como as pessoas os usam. O mesmo vale para a internet. De más notícias sendo compartilhadas ao ódio online. De cyberbullying a vergonha online. De notícias falsas a trollagem. A internet pode ser um lugar infeliz, devido à forma como as pessoas a usam. Agora, o Ramadã é um mês, observado em todo o mundo, que nos incentiva a tornar as coisas melhores, criar mais positividade ao nosso redor, ser generosos e gentis com os outros, ser mais gratos e olhar para o nosso mundo de forma positiva.

Ooredoo é uma marca global de telecomunicações. A sua marca significa “Desfrute da Internet”. No Ramadã 2021, começando em abril, Ooredoo ainda não lançou outra campanha promocional do Ramadã, ou um típico videoclipe do Ramadã, ou uma campanha de bondade padrão.

Em vez disso, com o objetivo de inspirar e se conectar com a geração mais jovem em particular, Ooredoo compartilhou sua mensagem usando um formato que nenhuma marca tentou usar antes durante o Ramadã. Um filme de animação, assinado pela agência FP7 McCann Doha/Qatar, foi lançado em todo o Oriente Médio, Sudeste Asiático e Norte da África, as regiões de maior concentração de muçulmanos do mundo.  É uma história baseada na premissa de que a Internet é, literalmente, o que fazemos dela. Ele investiga como a internet é um reflexo da sociedade e como, de várias maneiras, ela se parece com uma criança. Nossa criança. Uma que moldamos e moldamos à nossa imagem – para melhor ou para pior.

O filme destaca, por meio de subtextos, que o problema é que não tratamos a Internet com o mesmo cuidado com que tratamos uma criança. Somos muito mais insensíveis e muito mais negligentes. E então mostra que o resultado é uma Internet com muito mais problemas do que teria com uma educação amorosa … uma aldeia amorosa.

Terminando com uma nota de esperança, respeitoso ao Ramadã, o filme compartilha que, felizmente, nos “anos da Internet”, a Internet ainda é jovem. É hora de salvá-lo. E que melhor hora para começar do que o Ramadã?

Share.

About Author

publicitta

Leave A Reply