BLONDINE AGORA SEM ÁLCOOL

0

Espaço dominado pelas grandes cervejarias, o segmento de cerveja 0% álcool terá um novo movimento com o lançamento revolucionário do rótulo Blondine 0.0%. A micro-cervejaria com fábrica em Itupeva, solucionou o desafio de investimentos milionários com o processo de deacoolização focando em P&D e parceiros como uma multinacional no segmento de Bioscience, e também a Anton Paar, multinacional atuante em equipamentos de precisão em analises laboratoriais. Com a novidade, a cervejaria é a primeira a criar uma produção em pequena escala de cerveja 0,0% alcool.

Para chegar ao resultado final, a Blondine pesquisou durante dois anos novos processos e investiu R$ 120 mil entregando uma bebida que fosse 0,0% de álcool, mesmo depois da vírgula.  Com este lançamento a cervejaria dispara entre as artesanais, sendo a primeira a apresentar um rótulo que não passa por dealcoolização e sem apresentar residual alcoólico.

Para o lançamento, a marca apresenta dois estilos: A Blondine 0.0% Session IPA e a 0.0% Session IPA com Maracujá, trazendo uma diferenciação dentro deste universo que não era muito explorada. Além desta novidade, a Blondine apresentará, em breve, outras criações neste segmento, abrindo leque para diversos estilos e também a inclusão de frutas.

Esta é a primeira vez no mundo que uma marca artesanal realiza tal feito, abrindo precedentes para mais possibilidades no nicho de bebidas artesanais.  Quanto aos consumidores a companhia acredita que deve atingir diferentes públicos “são pessoas maiores de 18 anos que estão em momentos específicos da vida, que demandam não consumir álcool, como treinos de esporte, dietas restritivas, tratamentos médicos, grávidas, lactantes, motoristas, profissionais em reunião, grupos de estudo e outras muitas ocasiões que levam a uma vida de cerveja sem álcool. Claro que ressaltamos sempre consultar o profissional de saúde para acompanhamento do consumo”, afirma Aloisio Xerfan, fundador da Blondine.

Este é mais um passo de inovação e amplificação de portfólio da marca de bebidas artesanais, que não utiliza nenhum aditivo químico em suas receitas. Há pouco menos de um mês, a marca apresentou sua Hard Seltzer a Verano, uma bebida leve, refrescante, gaseificada, com sabores de frutas e álcool de cereais.

“A cerveja 0,0% foi apenas o primeiro passo para uma linha de cervejas inovadoras que iremos lançar. Começamos pelo que parecia impossível, criar uma cerveja 0,0% e na sequencia teremos novidades no portfólio que a partir deste produto cria-se uma linha de cervejas “wellness” com ênfase no bem estar e saúde, como por exemplo a cerveja Sports, uma light lager que ganhou medalha de bronze no Concurso Brasileiro de Cervejas 2021, antes mesmo de ser lançada.”, complementa Aloisio.

 Sobre a Blondine

Fundada em 2010, a cervejaria artesanal Blondine foi premiada diversas vezes por seus rótulos que priorizam o sabor e a originalidade.  Cinco anos após a sua abertura, a Blondine conquistou, além dos prêmios, sua própria fábrica, o início das exportações para os Estados Unidos e China, o lançamento do refrigerante artesanal Be Pop e de sua hard seltzer Verano, a marca é a única Cervejaria Artesanal do mercado a se posicionar como Industria de Bebidas Artesanais e tem seu foco 100% em inovações de bebidas naturais e promete ampliar seu portifólio em diversos segmentos. Hoje é protagonista no cenário gastronômico, sendo marca presente nas principais casas de São Paulo como A Casa do Porco, Picchi, ICI Brasserie, Bráz Elettrica, Dona Onça, Jacarandá, Hot Pork, Pirajá, Astor, Cuia Café, entre outros além de estar presente com boa distribuição nas redes de varejo no Brasil.

Share.

About Author

publicitta

Leave A Reply