CORONA BUSCA VIRAR O JOGO NOS EUA E NO REINO UNIDO

0

Corona, a principal marca de cerveja do Grupo Modelo, fundado no México em 1925 e dono de uma fatia de mais de 60% das vendas naquele país, acabou alvo de piadas em todo o mundo com a pandemia Covid-19 que tem como vetor o coronavírus devido ao formato de coroa do mortal e assustador vírus. Principal produto de exportação do Grupo Modelo, adquirido por US$ 20 bilhões em 2012 pela belga-brasileira Anheuser-Busch InBev, dona da AmBev, Corona está presente em diversos mercados e tem excelente aceitação nos Estados Unidos e no Reino Unido onde tenta virar o jogo com duas campanhas distintas.

O consumidor americano tem até amanhã, dia 5 de abril, para ligar direto para o ex-astro do basquete da NBA Kenny Smith se estiver estressado durante as decisivas disputas, em quadra, do basquete universitário. No ano passado, a mesma linha, que já teve atuação também nas partidas de futebol americano, com Tony Romo, ex-jogador e comentarista da rede de televisão CBS, foi interrompida pela pandemia Covid-19. Agora, com a vacinação em curso nos Estados Unidos, a linha foi restabelecida. E os dois astros protagonizam o comercial. Os que ligam concorrem a prêmios, como cervejas entregues em seu endereço e outros mimos da marca Corona.

Já, no Reino Unido, a campanha assinada pela Wieden+Kennedy que entrou em veiculação na última semana, ressalta a pureza de Corona. O foco é a água cristalina que dá origem à cerveja envasada em garrafas transparentes. De cachoeiras e fontes cristalinas para serem processadas e garantir a pureza de Corona, nada de coronavírus. Só a transparência e frescor da natureza.

Share.

About Author

publicitta

Leave A Reply