MÁRIO DE ANDRADE DE PORTAS ABERTAS PARA SUA VISITA

0

Mesmo com as atividades suspensas por conta do coronavírus (COVID-19), ainda é possível conhecer o acervo de Mário de Andrade sem sair de casa. Isso porque a plataforma on-line do museu/casa do autor disponibiliza um rico acervo, com textos, fotografias, cartas, cronologia e curiosidades. Neste gesto de generosidade para com todos que estão em casa, preservando a vida e a dos que ama, Mário de Andrade está de portas abertas para sua visita. Entre por aqui.

Mário nasceu em 1893, mas foi em 1921 que ele se mudou com sua mãe, irmã e tia para a casa situada na rua Lopes Chaves, na Barra Funda. Após sua morte, em 1945, a casa teve outros funcionamentos, não necessariamente relacionados ao escritor. Foi reaberta ao público na celebração do 70º aniversário de sua morte, quando foi inaugurada a exposição de longa duração com curadoria de Carlos Augusto Calil, Morada do Coração Perdido. A mostra inclui móveis originais da casa, objetos pessoais de Mário – entre eles, os famosos óculos redondos – e diversas reproduções de documentos, fotografias e vídeos.

Complementando temas abordados no espaço físico, a exposição também acontece virtualmente e abrange a trajetória da vida de Mário, que foi escritor, poeta, cronista, ensaísta, crítico das artes, músico, professor de música, pesquisador, folclorista, fotógrafo, ativista cultural e gestor público. Na plataforma, é possível adentrar à multiplicidade de quem foi Mário de Andrade, através das inúmeras cartas que escrevia aos seus correspondentes, as fotografias que fazia, sua coleção de retratos e caricaturas nos quais foi retratado por diferentes artistas e muitas outras histórias que enriquecem a visita. Para conhecer, clique aqui.

A Casa Mário de Andrade, integra a Rede de Museus-Casas Literários da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, e é gerenciada pela Poiesis.

SOBRE A CASA MÁRIO DE ANDRADE

A Casa Mário de Andrade funciona no endereço da antiga casa do escritor Mário de Andrade, um dos principais mentores do modernismo brasileiro e da Semana de Arte Moderna de 1922. O museu abriga uma exposição permanente, que é aberta à visitação, com objetos pessoais do modernista, além de documentos de imagem e áudio relacionados à sua trajetória. O museu também realiza uma intensa programação de atividades culturais e educativas. A Casa integra a Rede de Museus-Casas Literários da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerenciada pela Poiesis.

SOBRE A POIESIS

A Poiesis – Organização Social de Cultura é uma organização social que desenvolve e gere programas e projetos, além de pesquisas e espaços culturais, museológicos e educacionais, voltados para a formação complementar de estudantes e do público em geral. A instituição trabalha com o propósito de propiciar espaços de acesso democrático ao conhecimento, de estímulo à criação artística e intelectual e de difusão da língua e da literatura.

Share.

About Author

publicitta

Leave A Reply