CONHEÇA AS MATRIARCAS DO CARNAVAL DE UBERLÂNDIA

0

Os relatos repletos de história e cultura de  cinco mulheres das escolas de samba da cidade mineira de Uberlândia, segunda maior cidade de Minas Gerais, depois de Belo Horizonte, é a essência do documentário Matriarcas do Carnaval de Rua de Uberlândia. Resultado das memórias de  Mary Ivone, da Tabajara Sociedade Recreativa; Eleuza Maria, da E.S Unidos do Chatão; Rosana Passo, do Garotos do Samba; Andreia Bonifácio, da G.R.E.S. Garras de Águia e Cássia Regina, da G.R Acadêmicos do Samba, é possível relembrar momentos históricos e culturais do carnaval uberlandense de rua.

“As matriarcas contribuíram e fortaleceram por meio dos seus trabalhos a narrativa do carnaval de rua de Uberlândia. Realizamos esta homenagem para dar notoriedade aos feitos realizados pelas mulheres negras dentro deste espaço”, enfatizou a Diretora de Igualdade Racial, Pollyana Fabrini.

Além do depoimento que cada uma das cinco mulheres contou no material produzido, elas citam de forma objetiva traçando uma linha do tempo, por meio de suas vivências e raízes culturais, a história do carnaval de rua de Uberlândia, que é considerado tradição cultural no município desde a década de 40.

A exibição do documentário é parte da programação preparada pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Uberlândia para celebrar o Mês da Mulher e integra a plataforma Cultura em casa, com a qual o município, um dos mais afetados pela pandemia Covid-19 busca estimular o entretenimento sem que seja preciso sair de casa.

Share.

About Author

publicitta

Leave A Reply