HERSHEY PARA ELAS: SHE DREAMS, HER DREAM

0

Pelo segundo ano consecutivo, a Hershey traz a campanha HERSHE para o Dia Internacional da Mulher, criada pela BETC HAVAS. Com o tema “She Dreams” e “Her Dream” (em inglês, “Ela Sonha” e “O Sonho Dela”, respectivamente), a nova edição transforma as embalagens de suas tradicionais barras de chocolate ao leite em uma plataforma de exposição do trabalho artístico de oito mulheres, em diversas expressões, e traz os seus talentos como forma de alcançar os sonhos. O programa também funciona como uma ferramenta de capacitação e oferece workshops para capacitar mulheres artistas, com o apoio da Plano Feminino.

A inspiração para a Hershey realizar uma campanha de promoção e valorização do talento feminino veio da descoberta de dois pronomes femininos HER e SHE (que, em inglês, significam “dela” e “ela”) em sua própria marca, no ano passado. Após todo o sucesso da ação em 2020, esse ano a Hershey apresenta o trabalho da dançarina Aline Constantino, da fotógrafa Filipa Aurélio, da atriz e poetisa Luz Ribeiro, da poetisa Carolina Peixoto, da ilustradora Amanda Lobos, da musicista Indy Naíse, da bordadeira Mitti Mendonça e da grafiteira Regina Elias Ziza, em embalagens exclusivas criadas por elas.

O destaque das artes é garantido com o uso da tecnologia, de forma inovadora, com um QR Code que ao ser acessado pela câmera do celular, aciona um conteúdo em realidade aumentada para dar destaque às artes elaboradas e acesso direto à história do sonho de cada uma das artistas. Cada uma delas gravou um vídeo de apresentação personalizado em que mostra o seu talento e a sua realidade repleta de desafios e superação, criando uma conexão com a história de milhares de mulheres que vivem realidades parecidas. As 320 mil barras de chocolates temáticas da Hershey serão produzidas como edição limitada e estarão disponíveis para venda em lojas selecionadas do Grupo Pão de Açúcar e no e-commerce da marca.

A valorização do trabalho de mulheres já faz parte da cultura da Hershey, que está sob o comando global de uma mulher, Michele Buck, e conta com um quadro de funcionários composto por 51% de mulheres. “Queremos participar de temas relevantes para a nossa sociedade e trazer o nosso público para conversas positivas na busca por mudanças significativas. Estamos realizando uma campanha linda, responsável e necessária, que não só incentiva e capacita mulheres talentosas, como também permite que elas se reconheçam como as mulheres poderosas que são, capazes de realizarem e viverem de seus sonhos”, comenta Larissa Diniz, diretora de marketing LATAM da Hershey.  

Para dar ainda mais expressividade à ação, a BETC HAVAS também criou um videoclipe com a cantora Yzalú, que estampou uma das embalagens da edição de 2020 e agora retorna como uma embaixadora de novas artistas, interpretando música de sua autoria. Produzida especialmente para a campanha, a composição ‘Qual teu sonho’ e o clipe dão o tom da campanha ao apresentar os universos das oito artistas desse ano, promovendo empatia com a busca das mulheres por uma sociedade com mais oportunidades e condições de tornar os sonhos realidade. Tudo é apresentado utilizando diversas referências femininas ao longo da história, celebrando o legado de grandes mulheres como Frida Kahlo, Tarsila do Amaral e Angela Davis, entre outras.

A produção, que mostrará todas as artistas e suas obras, começa com Luz Ribeiro em uma performance como rainha africana. Ao começar a cantar, Yzalú entra num portal em que encontra a cantora baiana Yndy, e elas cantam juntas, até que a cena transita para Aline dançando afrobreak entre panos no varal. E assim, o vídeo segue entre vários portais, destacando o mundo de cada uma dessas mulheres e artistas brasileiras. Ao final, todas se encontram em volta de uma grande mesa, como se estivessem numa celebração e comunhão de sentimentos e inspirações.

“O resultado de todo esse projeto é, mais uma vez, motivo de muito orgulho. Mais do que apoiar mulheres talentosíssimas, poder colaborar para que mais artistas consigam viver de sua arte é extremamente gratificante. E somar tudo isso a um videoclipe com esse resultado, é de arrepiar”, comenta Andrea Siqueira, diretora executiva de criação da BETC HAVAS.

A Hershey também utiliza tecnologia para criar interatividade com seus consumidores e vai publicar os trabalhos das artistas em suas redes sociais, canais digitais e site da campanha para potencializar a divulgação dos talentos. E, na semana do Dia Internacional da Mulher, a marca traz de volta a galeria virtual em que mais talentos femininos poderão mostrar seus trabalhos por meio da hashtag #HerShe, para também serem divulgadas nos perfis e site de Hershey.

Para dar continuidade e promover o assunto de forma genuína, além do dia ou do mês da mulher, a empresa seguirá nos meses posteriores com workshops para a capacitação profissional de mulheres e mentorias gratuitas com diversos conteúdos sobre marca pessoal, estratégia de negócios, precificação, networking, posicionamento de marca e media training. As sessões acontecem em parceria com a Plano Feminino – consultoria para empresas e marcas com foco em gênero, raça e diversidade –, ministradas por Vivi Duarte, CEO da plataforma e presidente do Instituto Plano de Menina. As inscrições podem ser realizadas pelo site: www.hersheys.com/hershe, que também traz conteúdos sobre o projeto e as artistas.

A programação é dividida em três pilares: Inspirar, Capacitar e Realizar e serão realizadas três sessões. A primeira será no dia 8 de março, trazendo o tema de autoestima e pertencimento a partir de cases de artistas que fazem acontecer. Já no dia 8 de abril, a conversa será sobre construção de marca pessoal e profissional para aprender a visualizar oportunidades de negócios, precificar o trabalho e se relacionar com a imprensa. Por fim, no dia 10 de maio, a discussão será sobre realizações de planos de ação com o intuito de tirar os sonhos do papel.

Sobre as artistas:

– Aline (dança)

@alineafrobreak

Aline Constantino dança Breaking desde 2005 e acredita nas mudanças sociais e pessoais que a dança proporciona em uma pessoa, considerando assim um meio de transformação social.

– Filipa Aurélio (fotografia)

@filipaaurelio

Filipa Aurélio é natural de Lisboa e mora em São Paulo desde 2014. Fotografa e documenta o circuito de música independente brasileiro, através de um olhar intimista e empoderador.

– Luz Ribeiro (teatro e poesia)

@luzribeiropoesia

Luz Ribeiro raiou no verão de São Paulo, antes de aquário para presa não ficar. Está com 33 anos e o rosto condiz, mas a cabeça diz mais. Escreve em minúsculo. Integra o grupo de pesquisa e teatro “coletivo legítima defesa”. Semifinalista da “coupe du monde de slam de poésie” (FRA – 2017). Autora dos livros: “eterno contínuo” (2013), “espanca estanca” (2017) e “novembro [pequeno manual de como fazer suturas](2020). Luz é: mar-mãe de ben e filha-mar de odoyá.

– Amanda Lobos (ilustração)

@maisdeumlobo

A capixaba Amanda Lobos começou sua trajetória em 2016. Hoje, com 21 anos, trabalha com ilustração, design gráfico, embalagens, identidades visuais e materiais gráficos diversos.

– Regina Elias Ziza (grafite)

@soberanaziza

Artista visual, ilustradora, grafiteira e educadora, Soberana Ziza, como é conhecida a artista, vive no Jardim Peri Alto, periferia da Zona Norte de São Paulo. Atua desde 2006 expondo seus trabalhos com uma pesquisa estética sobre negritude e feminino, numa abordagem afro futurista.

– Carol Peixoto (poesia)

@carolambulante

Poeta e produtora cultural. Conta trinta e dois invernos e algumas estações, há sete primaveras poema seus tempos e desde sempre gosta de versos. Publicações: Mexe a Mão (2018); Dezluas (2017) e Bola, Lápis E Papel (2013).

– Indy Naíse (música)

@indynaise                            

Indy Naíse é cantora e compositora, nasceu em 1993 na cidade de Juazeiro (Bahia). Hoje mora em São Paulo e vem ganhando cada vez mais destaque com sua música, abordando questões emergenciais para o convívio em sociedade.

– Mitti Mendonça (bordado):

@mao.negra

Nascida em 1990 na cidade de São Leopoldo-RS, Mitti é artista têxtil e ilustradora. Criou o selo Mão Negra para continuar a tradição do bordado, que circula há quase 100 anos entre as mulheres da família. Seus trabalhos abordam as poéticas negras, a memória, o afeto e a ancestralidade.

Serviço | Workshops Plano Feminino

Inscrições: www.hersheys.com/hershe

 Primeira Sessão

Data:  8 de março

Pilar: Inspirar

Tema: Inspirações sobre autoestima e pertencimento a partir de cases de artistas que fazem acontecer.

 Segunda Sessão:

Data: 08 de abril

Pilar: Capacitar

Tema: Construção de marca pessoal e profissional para aprendermos a visualizar oportunidades de negócios com seus talentos, precificar seu trabalho e se relacionar com a imprensa.

 

Share.

About Author

publicitta

Leave A Reply